Gamificação: a melhor forma de engajar usuários em apps

Ilhasoft

O engajamento do usuário é a chave para criar ou quebrar um aplicativo, determinando o quão popular, bem-aceito e lucrativo ele será. Mas manter um usuário envolvido não é tarefa pequena, já que usuários perdem o interesse facilmente!

É aí que entra a gamificação: uma tática de marketing que motiva os usuários do seu aplicativo a se envolverem e ganharem recompensas. Neste artigo, vamos apresentar a gamificação e como usá-la. Acompanhe!

Entenda a ideia por trás da gamificação

A gamificação envolve o uso de princípios de jogo e elementos de design em um contexto que não é jogo. Os jogos são liberadores de dopamina, uma substância química lançada pelo nosso cérebro quando experimentamos prazer.

Os aplicativos de jogo permitem aos usuários competir com outros — ou seus próprios objetivos. E superar alguém nos dá satisfação, essa é a psicologia humana básica. Isso ajuda a desencadear um senso de realização e, portanto, os motiva a usar mais o seu aplicativo.

Trazer essa experiência para qualquer app que não seja um jogo instantaneamente o tornará mais agradável para os usuários. E não é necessário redesenhar ou refazer seu site ou aplicativo móvel.

Se o app já estiver indo bem, a gamificação pode atuar como a cereja do bolo, aumentando o envolvimento dos usuários, oferecendo uma experiência divertida e melhorando a interação, a lealdade e a promoção das vendas.

Faça o que é entediante tornar-se legal

A motivação para fazer qualquer coisa geralmente se centra em reconhecimento, recompensas e um sentimento de conquista. Isso é o que a experiência de jogo pretende adicionar ao uso do aplicativo. Você pode recompensar usuários com pontos, pontuação de líderes, crachás e assim por diante.

Jogos simples com recompensas podem aumentar exponencialmente o engajamento do usuário. Mesmo recompensas reais funcionam muito bem — ofertas de tempo limitado, descontos e cartões de fidelidade. Essas recompensas ajudam a impulsionar o envolvimento dos usuários, além de aumentar as receitas da empresa.

Saiba como realizar a gamificação

Defina metas claras

O que funciona para um aplicativo pode não funcionar para outro. A principal tarefa na definição de uma boa estratégia é definir os objetivos de sua empresa e planejar o programa de gamificação em torno disso, o que ajudará a planejar a estratégia de jogo certa para seu aplicativo.

Identifique seu público-alvo

Identifique o público-alvo, sua faixa etária, seus interesses e considere esses dados ao moldar sua estratégia de jogo. Analisar regularmente o comportamento do consumidor pode desempenhar um papel importante na definição de como sua estratégia deve ser desenvolvida e quão bem-sucedida será.

Proporcione uma viagem para o usuário

Antes de criar um rascunho para estratégia e design, entenda as expectativas dos clientes. A viagem depois de tudo é do usuário, não sua. Desenhe a experiência de tal forma que os clientes permaneçam comprometidos durante a viagem do seu aplicativo e não percam interesse ou entusiasmo em qualquer ponto.

Mantenha-o real

Recompensas tangíveis e conquistas como posições de classificação, distintivos, descontos parecem mais reais para os usuários e agregam valor à experiência de seus aplicativos. Não ofereça recompensas intangíveis, que não sejam claras ou não possam ser exibidas ou usadas.

Mantenha-o simples

Tudo dito e feito, o design que você usa determina, em grande medida, como os usuários se envolverão com seu aplicativo. Mantenha-o simples, pois os usuários poderão se confundir com regras de jogo complicadas.

Utilize plataformas sociais

No que se refere ao jogo, as plataformas de compartilhamento social não podem ser desperdiçadas. Não se esqueça de integrar plataformas como o Facebook, Twitter e outras. Isso ajuda os usuários a compartilhar facilmente suas conquistas e adiciona ao fator de boa sensação.

Deixe o usuário ser o chefe

As pessoas se sentem motivadas quando estão no comando ou têm a liberdade de tomar decisões. Antes de jogar sua aplicação, considere questões como “Onde você pode envolver os usuários?”, “Os seus comentários podem determinar o fluxo do aplicativo em tempo real?”. Adicione recursos que tragam poder ao usuário e concentre-se no UX!

Se você gostou do artigo e das dicas sobre gamificação, não deixe de assinar a newsletter para receber nossas novidades em seu e-mail!